Flávio Dino e Felipe Camarão vistoriam obras do Cintra

Maior escola pública da América do Sul, o Centro Integrado do Rio Anil (Cintra) está passando por uma reforma completa na estrutura do prédio, inclusive com a construção de um ginásio em substituição à antiga quadra descoberta que havia no local. Neste sábado (11), o governador Flávio Dino e o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, estiveram na escola para vistoriar o andamento das obras.

O prédio histórico do Cintra, onde funcionou a Fábrica têxtil Rio Anil, no fim do século XIX e início do XX, não passava por uma reforma estrutural desde o início dos anos 1990, quando foi adaptado para receber a instituição de ensino. Com a reforma, as instalações elétricas passaram por revisão e troca de fiação. Nas paredes de alvenaria foram recuperados os rebocos das áreas internas e externas do prédio, seguido de nova pintura respeitando a cor original.

As paredes em pedraria, as passarelas e corrimão em madeira foram envernizadas, revitalizando o ambiente. Por ter sido inicialmente uma fábrica, o prédio conta com uma grande extensão de estrutura metálica com ferragens que foram trazidas da Inglaterra que, também, foram revitalizadas com nova pintura para evitar a ferrugem. Os serviços continuam sendo realizados no refeitório, onde o piso está sendo trocado por um industrial que irá facilitar a higienização do ambiente. Em algumas paredes continuam, também, os serviços de pintura externa.

Cintra
Obras no Cintra começaram, agora com a quadra, que será coberta. Foto: Rafael Arrais

“Fiquei muito feliz de visitar o Cintra, uma obra que está em andamento de recuperação total, nesse programa nosso de requalificação total dos espaços escolares vamos chegar a 574 escolas recuperadas entre os meses maio e junho. O Cintra é uma escola grande, que atende milhares de alunos, já recebeu uma grande intervenção positiva e eu estou vendo os outros espaços porque nós vamos continuar esse trabalho nessa escola, e, em outras, claro”, disse o governador Flávio Dino durante a vistoria.

Construção da quadra coberta
Além das reformas nas estruturas do prédio, o Cintra vai receber nova quadra poliesportiva coberta e uma academia da saúde, ambas no prédio anexo, que beneficiará diretamente alunos e a comunidade local.

“Aqui no Cintra nós temos outras novas metas, que é a recuperação total dessa quadra, que infelizmente está em estado precário, como, lamentavelmente, muitos espaços escolares que nós recebemos do passado. E nós vamos melhorar, vamos transformar em um ginásio coberto, e também vamos prosseguir nesse trabalho ao longo de todo o ano nos outros espaços, notadamente aqueles que são voltados a prática esportiva e cultural”, explicou Flávio Dino.

Para Felipe Camarão, a reforma da quadra retoma a vocação social do Cintra, de servir à comunidade do Anil e adjacências. “O Cintra serve para a população, é uma escola pública e pública tem que ser. Então o governador Flávio Dino determinou que além da requalificação desta quadra para se tornar um ginásio, nós fizéssemos uma academia de saúde que vai servir para utilização não só da escola, mas da comunidade. Iremos abrir aqui um portão para a comunidade. De modo que esse é um processo contínuo de recuperação e requalificação das escolas, e o Cintra com sua vocação de servir a população”, ressaltou o secretário.

Rafael Arrais, Agência Maranhão de Notícias

 
Usamos cookies para acelerar a navegação em nossas páginas. Clique na caixa ao lado.