Zé Carlos desabafa e vereadores querem intervenção

O presidente da Câmara Municipal, vereador Zé Carlos Soares (PV), desabafou hoje sobre a situação da segunda capital do Maranhão, como costuma se referir o governador à Imperatriz, maior cidade do continente maranhense. "A cidade está parada", resumiu, culpando o prefeito Assis Ramos (PMDB) pelas mortes no Socorrão em virtude da falta de dinheiro para a Saúde.

Visivelmente emocionado, de acordo com o vereador denunciou que as crianças nas escolas conveniadas já estão sem a merenda devido o atraso de cinco meses no repasse. "Alegam falta de documentação, mas porque as matrículas aconteceram, deviam ter visto antes", declarou.

O discurso, pela manhã, aconteceu na audiência pública para discutir a crise na coleta de lixo da cidade. Pelo menos outros dois vereadores disseram que vão solicitar ao governador Flávio Dino, intervenção estadual em Imperatriz, devido a atual crise da gestão.

Após se dirigir à sala da presidência, o vereador Zé Carlos encontrou-se no corredor com o secretário de governo da Prefeitura, Márlon Moura, que tentou colocar panos frios na relação entre executivo e legislativo.

Redação

 
Usamos cookies para acelerar a navegação em nossas páginas. Clique na caixa ao lado.