Banana Online e Carrinho vencem corrida das startups

A segunda edição da corrida de startups chegou ao fim no terceiro dia de Fecoimp surpreendendo a todos. As equipes “Banana Online” e “Carrinho” empataram e ambas conquistaram o primeiro lugar entre as possibilidades de empreendimento apresentadas durante o evento.

Andrei Fonseca e Josiano César, líderes da equipe Banana Online, expuseram o conceito de um Market Place (site) sob demanda para produtos em liquidação. Funciona assim: o consumidor acessa a plataforma e faz a busca por certo produto. Logo após ela será direcionada para os fornecedores e eles vão poder negociar.



“O objetivo é ter algo mais humano, sem o engessamento de a pessoa ter um valor, gerar o boleto e pagar. O cliente e o fornecedor vão poder negociar online”, explica Andrei. Sobre o prêmio, ele conta que “foi uma surpresa estar em primeiro lugar. A gente resolveu concorrer, mas não esperava ficar essa posição. Estamos muito felizes”.

A segunda ideia vencedora surgiu em uma discussão em sala de aula promovida pelo professor Jorge Costa e líder da equipe “Carrinho”. “Era uma insatisfação minha e, em uma aula, apresentei a ideia para alguns alunos. Eles toparam participar da corrida e acabou que nós ganhamos, comemora.

A proposta é bem simples. Trata-se de espécie de rede social, onde pessoas poderiam indicar, opinar e comentar sobre oficinas de carro, com o objetivo de trazer segurança sobre os serviços prestados no setor em Imperatriz. “Foi legal ganhar, mas o mais bacana foi a participação do grupo de alunos e achei muito bom sair daqui com a vitória”, finaliza o professor.

Diego Maciel, coordenador do Centro de Empreendedorismo e Internacionalização da Devry Facimp, organizadora da corrida, comenta que o resultado da competição foi satisfatório. “No final todos saíram ganhando. O objetivo era estimular a criação de negócios inovadores, trabalhar ideias simples e ter a possibilidade de transformá-las em potenciais comércios. Nós queríamos estimular as pessoas a saírem da sua zona de conforto e começar a pensar em empreender e isso aconteceu”.

De acordo com o organizador, as equipes vencedoras participarão de um edital de incubação, promovido pelo Centro de Empreendedorismo e Internacionalização, onde terão o período de um ano para amadurecer e modelar suas ideias até o seu negócio estar no ponto de aplicação. As demais equipes vencedoras foram a “The Street Runner”, em terceiro lugar, e a “T-Dog”, em quarto.

Palavra Comunicação com fotos de Eudes Sousa e Álvaro Dias


 
Usamos cookies para acelerar a navegação em nossas páginas. Clique na caixa ao lado.